Algodão Sea Island – Algodão Sea quê?!

Originário da planta Gossypium Barbadense, nativa da região Sul-Americana de Sea Island (daí o seu nome) mas também cultivado nas Índias Ocidentais desde o Século XV, este género incrível de algodão tem por detrás uma história atribulada.

Foi ano de 1786, na Carolina do Sul, quando esta estirpe de algodão começou a ser plantada. Entre os primeiros a fazê-lo estava um homem Inglês chamado Francis Levett, que se tornou responsável pela forte associação do algodão Sea Island à mais elevada qualidade de vestimentas, apoiado pela Aristocracia Britânica – até os lenços de mão da Rainha Victoria eram feitos a partir deste algodão especial! O resultado? O seu elevado custo e escassez fizeram com que a exclusividade e atracção por esta fibra disparassem.

Assim como em todos os contos-de-fada também aqui chegaram tempos conturbados. No início do Século XX uma infestação de gorgulho recaiu sobre toda a cinta de cultivo do algodão, desde o México até à Costa Leste dos EUA, forçando um hiato abrupto na busca pelo algodão Sea Island. Poucas foram as sementes que sobreviveram a esta catástrofe e todo o peso de sustentar a espécie recaiu sobre elas. Graças a um grupo dedicado de produtores, estas sementes foram preservadas e esta rara estirpe de algodão sobreviveu ao longo dos anos.

Hoje em dia é nas Caraíbas que o algodão Sea Island cresce e é cuidadosa e meticulosamente colhido por um pequeno grupo de especialistas dedicados. A sua popularidade recuperou graças às características resistentes da planta, à sua fibra de grampo extralongo, brilho luxuoso e textura uniforme.

Um bem raro e precioso

Encontrar uma agulha num palheiro é difícil, mas encontrar algodão Sea Island também não! A percentagem desta rara fibra na produção mundial de algodão (todos os tipos) corresponde apenas a 0,0004%! Contudo, encontramos mais Sea Island à venda do que a ser produzido… De forma a contrariar esta tendência, um sistema de licenciamento restrito foi criado juntamente com uma rede contratual de parceiros a longo-prazo, de forma a assegurar a pureza desta matéria-prima tão rara.

Afinal, quais são as características especiais do Sea Island?

Se estiver a segurar uma malha feita com esta super-fibra vai sabê-lo! Começando com o seu brilho acetinado natural e toque absolutamente incrível, como caxemira, graças ao seu filamento de estrutura perfeita, passando pela sua qualidade resistente e de longa-duração, com a vantagem de ter uma tendência muito baixa de feltragem e um padrão de tricotagem muito nítido. Mas a verdadeira cereja no topo do bolo é a sua contribuição para o equilíbrio do eco-sistema graças à sua produção controlada e protegida!